COOPERAÇÃO CHINESA PARA O DESENVOLVIMENTO: O CASO DE MOÇAMBIQUE

Tomé Fernando Bambo, Adriana Schor

Resumo


Este artigo discute a cooperação internacional para o desenvolvimento da China em Moçambique nas primeiras duas décadas do século XXI. No contexto desta orientação, a literatura e os dados mostram não só a existência de um número crescente de iniciativas chinesas em Moçambique na seara agrícola, de infraestrutura, saúde e educação, mas a emergência de um novo padrão de cooperação.  A cooperação chinesa se consubstancia numa agenda borrada entre projetos de cooperação para o desenvolvimento e investimentos, fato que abre espaço para crítica.


Palavras-chave


China. Moçambique. Investimentos. Projetos. Cooperação para o desenvolvimento.

Texto completo:

PDF/A

Referências


ABDENUR, A. E. China in Africa, viewed from Brazil. Cambridge: The Journal of Asian Studies, 2015.

ALDEN, C. LARGE, D. New Directions in Africa-China Studies. London: Routledge, 2019.

ALDEN, C. Through African Eyes: Representations of China on the African continent. London: LSE, 2006.

BRAUTIGAM, D. China into Africa: trade, aid and influence. Washington DC: Brooking Institution Press, 2008.

BRAUTIGAM, D. Chinese Development Aid in Africa: What, where, why, and how much? Maryland: Johns Hopkins University- SAIS, 2011.

BRAUTIGAM, D. The Dragon’s Gift: The Real Story of China in Africa. London: Oxford: University Press, 2009.

BRAUTIGAM, D. Will Africa feed China? Oxford: Oxford University Press, 2015.

BRÄUTIGAM, D. ZHANG, H. Green Dreams: Myth and Reality in China's Agricultural Investment in Africa. Third World Quarterly, Vol. 34, No. 9, special issue: global land grabs, 2013.

BRAUTIGAM, D.; EKMAN, S. Briefing rumours and realities of chinese agricultural engagement in Mozambique. London: Oxford University Press, 2012.

BUNKENBORG. Mikkel. Será tudo parte de um grande plano? Encontros etnográficos com os chineses em Moçambique. In: CHICHAVA, S. e ALDEL, C. (org). A Mamba e o Dragão Relações Moçambique-China em perspectiva. Maputo: IESE, SAIIA, 2012, p.81-98.

CHICHAVA, S. DURAN J, CABRAL L, SHANKLAND A, BUCKLEY L.; TANG L; ZHANG Y. Chinese and Brazilian cooperation with African agriculture: The case of Mozambique. Working paper 049. Brighton, UK: Future Agricultures, 2013.

CHICHAVA, S. Impacto e significado do investimento chinês em Moçambique, 2000-2010, In: CHICHAVA, S.; ALDEL, C. (org). A Mamba e o Dragão Relações Moçambique-China em perspectiva. Maputo: IESE, SAIIA, 2012, p.33-48.

CHICHAVA, S. Moçambique na Rota da China: Uma oportunidade para o desenvolvimento? In: BRITO, L.; CASTEL-BRANCO, C. CHICHAVA, S.; FORQUILHA, S. FRANCISCO, A. (org). Desafios para Moçambique 2010. Maputo: IESE, 2010, p.337-357.

CHICHAVA, S. As economias “emergentes” no sector agricola mocambicano: leituras, implicacoes e desafios. In: CHICHAVA, Sérgio; FRANCISCO, A. (org.). Economias “Emergentes” Desafios para Moçambique. Maputo: IESE, 2011.

CORREIA, C. Modelo de cooperação da China para África: análise de um estudo de caso em Moçambique. Dissertação (Mestrado) - ISCTE-IUL, Lisboa, ISCTE-IUL, 2010

CUNGUARA; B.; HANLON, J. O fracasso na redução da pobreza em Moçambique, Crisis States Reseach Centre. London: Destin ISE, 2010.

DÚRAN, J.; CHICHAVA, S. Centro de Investigação e Transferências de Tecnologias Agrárias de Umbelúzi. A história de um ‘presente’ chinês a Moçambique. Maputo: IESE, 2012.

EKMAN, S.M.S. Mito e Realidade: O envolvimento chinês no setor Agrícola em Moçambique. In: CHICHAVA, S.; ALDEL, C. (org). A Mamba e o Dragão Relações Moçambique-China em perspectiva. Maputo: IESE, SAIIA, 2012, p.99-124.

FEIJÓ, J. Perspectivas moçambicanas sobre a presença chinesa em Moçambique: uma análise comparativa de discursos de entidades governamentais, de um blog e de trabalhadores moçambicanos de Maputo. Maputo: IESE, 2010.

FOCAC. China, Ministry of Foreign Affairs (2009) Forum on China-Africa Cooperation Sharm El Sheikh Action Plan (2010-2012), 8-9 November 2009, Sharm El Sheikh, www.focac.org/eng/ltda/dsjbzjhy/hywj/t626387.htm

GARCIA, Francisco Proença. China's economic presence in Mozambique. Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas, v. 8, n. 3, p. 110-127, 2020.

GOVERNO DE MOÇAMBIQUE. Presidente da República participa na Cimeira da FOCAC 2018. Comunicado de Imprensa: Maputo, 2018.

GU, J., CHUANHONG, Z., VAZ, A.; MUKWEREZA, L. Chinese State Capitalism? Rethinking the role of the State and Business in Chinese Development Cooperation in Africa, vol. 81. Washington DC: World Development, 2016.

HOFMANN, K. Moçambique no faroeste dos BRICS: Investimentos arriscados dos países emergentes ou oportunidades para uma transformação económica? Berlim: Friedrich-Ebert Stiftung, 2015.

HON, T.; JANSSON, J.; SHELTON, G.; LIU, H.; BURKE, C.; KIALA, C. Evaluating china's FOCAC commitments to africa and mapping the way ahead. New York: Rockefeller Foundation, 2010.

HORTA, L. China´s relations with Mozambique: a mix blessing, Washington DC: Center for strategy and international studies, 2008.

JANSSON, J; KIALA, C. Patterns of Chinese investment, aid and trade in Mozambique. Western Cape‎, Centre for Chinese Studies, University of Stellenbosch, 2009.

JIANG, L.; HARDING, A.; ANSEEUW, W.; ALDEN, C. Chinese Agricultural Demonstration Centers in Africa: The new Business of Development. Pretoria: The Public Sphere, 2016.

KAPLINSKY, R., D.; MCCORMICK; M. MORRIS. The Impact of China on SubSaharan Africa. Institute of Development Studies, Working Paper 291. 2007.

MACAUHUB. Moçambique e China projectam porto de cabotagem em Chongoene. 3 sep. 2018. Available at: https://macauhub.com.mo/pt/2018/09/03/pt-mocambique-e-china-projec¬tam-porto-de-cabotagem-em-chongoene/ . 15 de outubro de 2021.

MACQUEEN, D. China in Mozambique’s forests: a review of issues and progress for livelihoods and sustainability. Research report, London, IIED, 2018

MADUREIRA, Maegarida. Mega-Projectos e transicao agrarian: o caso de do projrto wanbao –Moçambique Centro de Estudos África, Ásia e América Latina. Lisboa school of economics & msnsgement, Lisboa, 2014.

MENEZES, G. As novas relações Sino-Africanas: Desenvolvimento e implicações para o Brasil. Brasília: FUNAG, 2013.

MIGUEL, Ramos. Incumprimento de pagamento da dívida pode levar China a confiscar ativos moçambicanos, alerta o CIP. CIP: Maputo, 2020.

MINISTERIO DE AGRICULTURA E SEGURANÇA ALIMNETAR (MASA). Matriz de Cooperação Moçambique-Brasil e Moçambique-China. Maputo: MASA, 2018.

MINISTÉRIO DOS NEGOCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO (MINEC). Matriz da cooperação. Maputo: MINEC, 2018.

MUIANGA M; NORFOLK.S. Chinese investment in Mozambique’s forest sector, 2017 https://pubs.iied.org/pdfs/13597IIED.pdf.

NIELSEN, M. Como não construir uma estrada: Uma análise etnográfica dos efeitos socioeconômicos de um projecto chinês de construção de infraestruturas em Moçambique. In: CHICHAVA, Sérgio; ALDEN, Chris. A Mamba e o Dragão: Relações Moçambique-China em perspectiva. (Orgs). Maputo: IESE, 2012, p. 61-79.

NJAL, J. Chinese Aid to Education in Mozambique. III Conferência Internacional do IESE Moçambique: acumulação e transformação em contexto de crise internacional. Maputo: IESE, 2012.

ROBINSON, D. A. Chinese engagement with Africa: The Case of Mozambique. Edith Cowan University, Australia, 2012.

ROQUE, P. C.; ALDEN, C. China em Moçambique: Prudência, Compromisso e Colaboração, In: CHICHAVA, S.; ALDEN, C. (orgs). A Mamba e o Dragão: Relações Moçambique-China em perspectiva. Maputo: IESE, 2012, p. 11-32.

ROQUE. P. C. China in Mozambique: A Cautious Approach Country Case Study. South African Institute of International Affairs, 2009.

SILVEIRA, A. A: um depoimento. Entrevistadoras: Maria Regina Soares de Lima e Monica Hirst. Rio de Janeiro: FGV, 2010.

SOUSA, I.C. A China e Moçambique: uma relação emergente. Macau: Lusofonias, 2013.

STOLTE, C. Brazil’s Africa Strategy Role Conception and the Drive for International Status. New York: Palgrave Macmillan, 2015.

TAN-MULLINS, MOHAN.; POWER, M. Redefining ‘Aid’ in the China–Africa Context. Oxford: Blackwell, .2010.

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE (UEM). Relatório anual das atividades e financeiro. UEM: Maputo, 2015.

WANG, X.; SUN, T. China’s engagement in global health governance: A critical analysis of China’s assistance to the health sector of Africa. Tianjin: Zhou Enlai School of Government, Nankai University, 2014.

XU, X.; LI, X.; QI, G.; TANG, L.; MUKWEREZA, L. Science, Technology, and the Politics of Knowledge: The Case of China’s Agricultural Technology Demonstration Centers in Africa. World Development. Volume 81, Pages 82 – 91; 2016.

ZHOU, J; HE, W. Chinese cooperation in Mozambique and Angola: A focus on agriculture and health. BRICS Policy Center Papers, 2(3). Rio de Janeiro: BRICS Policy Center, 2014.

ZUGUO, N. O primeiro grupo de peritos médicos militares da China a ajudar Moçambique regressa a casa depois de uma missão bem-sucedida. Zhang Shuo, 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.25247/2447-861X.2022.n255.p159-185

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Cadernos do CEAS: Revista Crítica de Humanidades
CEAS | UCSal | UNICAP
PPG em Políticas Sociais e Cidadania
Av. Cardeal da Silva, 205 – Federação.
CEP. 40231-902, Salvador, Bahia, Brasil.
E-mail: cadernosdoceas@gmail.com
ISSN (online): 2447-861X 

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

  |  | 

 

Portais

 |   |

 

Filiação/Suporte Técnico/Identificador

 |  | 

 

Plataforma

 

Redes Sociais