A CRUZ VERSUS A ESPADA: A RESISTÊNCIA DO CEAS DURANTE A DITADURA MILITAR

Grimaldo Carneiro Zachariadhes

Resumo


Neste artigo será estudada a resistência do CEAS aos militares durante a ditadura militar. Procurarei demonstrar que a oposição do CEAS, diferentemente de outros setores da esquerda baiana, começou a se destacar a partir dos Anos de Chumbo. Através, principalmente, dos Cadernos do CEAS – uma revista da instituição que começou a ser publicada a partir de março de 1969 -, os membros do Centro Social denunciaram o caráter autoritário e a violação dos direitos humanos promovidos pelo Governo e criticaram o modelo econômico excludente dos militares. E, durante toda a ditadura, o CEAS acabou se tornando um local de aglutinação das esquerdas e dos Movimentos Sociais que lutassem pela volta ao Regime democrático e por melhores condições de vida

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25247/2447-861X.2007.n228.p31%20-%2046

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






Cadernos do CEAS: Revista Crítica de Humanidades
CEAS | UCSal | UNICAP
PPG em Políticas Sociais e Cidadania
Av. Cardeal da Silva, 205 – Federação.
CEP. 40231-902, Salvador, Bahia, Brasil.
E-mail: cadernosdoceas@gmail.com
ISSN (online): 2447-861X 

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

  |  | 

 

Portais

 |   |

 

Filiação/Suporte Técnico/Identificador

 |  | 

 

Plataforma

 

Redes Sociais