MUITO AQUÉM DE UMA MÍDIA RADICAL: REFLEXÃO SOBRE A LIMITAÇÃO DAS MÍDIAS NO MOVIMENTO SINDICAL

Marcilio Rocha Ramos

Resumo


A utilização da tecnologia – que é um instrumento da produção socialmente construída pelo homem – não está dissociada dos conflitos e interesses que se estabelecem entre classes sociais e no seio das próprias classes em disputa pelo poder. No movimento sindical não poderia ser – nem é – diferente. Nos últimos vinte anos, os organismos dos trabalhadores também buscaram informatizar seus processos para dar suporte a suas lutas. Esta busca resultou em melhores condições de trabalho para seus funcionários e melhores serviços para as categorias de trabalhadores, mas, quanto às lutas, a informatização esbarrou nos limites dos projetos políticos das direções e, se quisermos acrescentar, se debateu também com os próprios limites das suas capacidades pessoais. Como uma das principais resultantes das limitações das diversas forças representativas dos trabalhadores, as tecnologias da informação e da comunicação não passaram de instrumento em contraposição ao desafio de transformá-las em elemento estruturante das inteligências, do que se passou a chamar de “cibercultura” ou “sociedade da informação”, visando a razão máxima de existir de uma direção sindical: ajudar a classe que representa a defender seus interesses e atingir seu objetivo na história – sobrepor-se à classe que lhe surrupia os sonhos e a vida. Neste artigo será defendida a idéia de que as exceções com o uso inteligente e revolucionário das tecnologias da informação e da comunicação podem se tornar a regra nas práticas sindicais, a depender dos agentes das suas direções. Fazer esta projeção nos parece fundamental para estabelecer políticas de comunicação e utilização das tecnologias nas lutas dos trabalhadores, e sair de uma discussão-álibi, que sempre reitera a imagem aterrorizante de uma indústria da consciência monolítica como a “responsável” pela produção da ideologia, da dispersão e das derrotas dos trabalhadores.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25247/2447-861X.2007.n226.p27%20-%2037

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






Cadernos do CEAS: Revista Crítica de Humanidades
CEAS | UCSal | UNICAP
PPG em Políticas Sociais e Cidadania
Av. Cardeal da Silva, 205 – Federação.
CEP. 40231-902, Salvador, Bahia, Brasil.
E-mail: cadernosdoceas@gmail.com
ISSN (online): 2447-861X 

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

  |  | 

 

Portais

 |   |

 

Filiação/Suporte Técnico/Identificador

 |  | 

 

Plataforma

 

Redes Sociais