RAÇA, CRIMINOLOGIA E SOCIOLOGIA DA VIOLÊNCIA: CONTRIBUIÇÕES A UM DEBATE NECESSÁRIO

Leonardo Ortegal

Resumo


Este artigo trata da relação entre criminologia, sociologia da violência e questão racial. Apresenta uma crítica ao lugar subalternizado da questão racial no processo de interpretação da realidade nas ciências sociais, discutindo como caso específico a criminologia e os homicídios contra a população negra brasileira. Contextualiza o lugar ocupado pela categoria raça ao longo do histórico da criminologia, sendo que, no tempo presente, se detém a analisar como a criminologia crítica vem lidando com esta questão. São apontados os limites e as contradições deste campo do conhecimento, que se apresenta como crítico, mas que permanece omisso em relação à realização de estudos e pesquisas efetivamente comprometidos com a compreensão da questão nos processos de criminalidade e criminalização. Ao final, apresentam-se algumas propostas e contribuições para que a questão racial seja incorporada pela criminologia crítica, não apenas como mais um elemento agravador do processo criminal e penal, mas como elemento fundamental, do ponto de vista teórico e metodológico, para a compreensão da realidade social.


Palavras-chave


Criminologia. Criminologia Crítica. Raça. Violência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25247/2447-861X.2016.n238.p527-542

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Cadernos do CEAS: Revista Crítica de Humanidades
CEAS | UCSal | UNICAP
PPG em Políticas Sociais e Cidadania
Av. Cardeal da Silva, 205 – Federação.
CEP. 40231-902, Salvador, Bahia, Brasil.
E-mail: cadernosdoceas@gmail.com
ISSN (online): 2447-861X 

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

  |  | 

 

Portais

 |   |

 

Filiação/Suporte Técnico/Identificador

 |  | 

 

Plataforma

 

Redes Sociais