O serviço social e o mundo rural brasileiro: a ausência de um debate

Tarcísio Augusto A. da Silva

Resumo


O Serviço Social enquanto área de conhecimento tem estado ausente das discussões em torno da realidade rural brasileira, salvo o interesse de alguns poucos pesquisadores da área. O Autor do artigo apresenta inicialmente alguns aspectos do processo de industrialização brasileiro, partindo posteriormente de duas hipóteses centrais para buscar interpretar as origens deste distanciamento tanto da produção intelectual dos assistentes sociais quanto de sua prática profissional. Neste sentido, atém-se à origem urbana da profissão e sua recente formação enquanto área específica de produção do conhecimento a partir do final dos anos 80.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25247/2447-861X.2005.n219.p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Cadernos do CEAS: Revista Crítica de Humanidades
CEAS | UCSal | UNICAP
PPG em Políticas Sociais e Cidadania
Av. Cardeal da Silva, 205 – Federação.
CEP. 40231-902, Salvador, Bahia, Brasil.
E-mail: cadernosdoceas@gmail.com
ISSN (online): 2447-861X 

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

  |  | 

 

Portais

 |   |

 

Filiação/Suporte Técnico/Identificador

 |  | 

 

Plataforma

 

Redes Sociais