Notícias

 

Chamada Temática de Artigos para 2019

 

Refugiados como Problema Global e Humanitário

Número 247, mai./ago. 2019

Submissão até 30 de maio de 2019

Um dos desafios enfrentados pelos direitos humanos tem sido a questão dos refugiados, pessoas que foram obrigadas a deixar região ou país tentando fugir de guerras, conflitos por temor de perseguição, por motivos de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opinião política. Segundo a Organização das Nações Unidas - ONU, em 2017, o número de conflitos chegou a 68,5 milhões de pessoas em situação de deslocamento em todo o mundo. 53% são crianças, incluindo as que estão separadas de suas famílias ou desacompanhadas. Uma em cada 110 pessoas encontra-se fora das suas comunidades de origem devido a guerras, conflitos e outras formas de violência. Os dados apontam que 85% dos refugiados estão nos países em desenvolvimento, muitos dos quais são extremamente pobres. Os venezuelanos representam o quarto contingente do mundo com pedidos de asilos. De 34.200 em 2016, o número saltou para 111.600 em 2017. O Brasil hoje é o terceiro destino procurado pelos venezuelanos, ficando atrás do Peru e dos Estados Unidos. Os venezuelanos representam mais da metade dos pedidos realizados, com 17.865 solicitações. Na sequência estão os cubanos (2.373), os haitianos (2.362) e os angolanos (2.036). Aprofundar um tema tão relevante nos Cadernos do Ceas é uma maneira de contribuir sobre o papel da solidariedade humana e de que forma o Brasil pode colabora para a promoção da proteção à dignidade dos refugiados. Acesse o link de diretrizes para autores.

 
Publicado: 2019-03-28
 
Outras notícias...

n. 245 (2018): Dossiê África


Capa da revista